Greve: servidores param em João Monlevade 3 dias

Funcionários públicos de João Monlevade decretam greve geral

Funcionários públicos da Prefeitura de João Monlevade decretaram greve geral e vão parar nos dias 26, 27 e 28. A decisão foi tomada na semana passada em assembleia da classe. Segundo o Sintramon – sindicato da categoria- funcionários da área da saúde começam movimento padrão a partir da próxima terça-feira, dia 2 de maio. Já os educadores continuam com a paralisação geral.
A greve ocorre em resposta ao reajuste salarial proposto pela prefeita Simone Carvalho (PSDB) na ordem de 5,38%. O índice foi rejeitado pela categoria, que tentou acordo com a administração ao propor reajuste de 9%. No entanto, a proposta foi reprovada pela prefeita, que segue irredutível nas negociações. Também não teve acordo o aumento do vale-alimentação.

O projeto que prevê o aumento já tramita na Câmara de Vereadores e deve ser votado depois de amanhã (26). A exemplo do que ocorreu na semana passada, servidores devem lotar o plenário do Legislativo. O último encontro foi encerrado pelo presidente da Casa, Djalma Bastos (PSD) devido ao tumulto gerado pelo funcionalismo público que promoveu manifestação. O Regimento Interno da Câmara não permite a ação.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui