Homem é assassinado em João Monlevade; autor fugiu

Nesta segunda-feira (4), Gabriel Vinícius Porto Castro, 24 anos, foi morto a tiros na Rua Laurino Moura com a rua Ipatinga, perto de uma padaria no bairro Industrial, em João Monlevade. Ele foi alvejado na testa, dentro de um carro.

Quando a Polícia Militar chegou ao local deparou com um carro da vítima, VW/GOL vermelho batido no muro e varias pessoas em volta do carro. No parabrisa do carro haviam buracos provocados por disparos de arma de fogo.

O SEVOR (Serviço Voluntário de Resgate) compareceu e verificou que o Gabriel Castro não apresentava mais sinais vitais.

Dentro do carro, segundo a polícia, foram encontrados dois celulares, uma pistola com dois carregadores 9mm, 16 munições do mesmo calibre, um pino de cocaína e um tablete de maconha. Todos os materiais foram apreendidos.

Segundo testemunhas ouviram disparos de arma de fogo e barulho do carro batendo no muro.

Populares contaram também para a polícia que viram um veículo Fiat/Uno de cor prata, com dois homens em seu interior deixando o local em alta velocidade sentido Avenida Alberto Lima.

A polícia descobriu que no dia anterior a vítima teve um desentendimento com um suspeito do crime na cidade de Alvinópolis e que ele teria sido ameaçado de morte pelo possível autor.

A Perícia Técnica da Polícia Civil compareceu ao local e constatou que foram efetuados pelo menos quatro disparos de arma de fogo, possivelmente de um revólver, uma vez que não foram encontradas cápsulas no local. A perícia ainda não pode identificar quantas perfurações havia no corpo.

Após os trabalhos da perícia o corpo foi liberado e removido do local para o IML do Cemitério do Baú.

Até o momento nenhum suspeito foi preso.

*Atualizado em 06 de Março para acréscimo de informações.

 

 

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui