Um rapaz de 22 anos foi preso em Barão de Cocais, na última quinta-feira (7), depois de cair num golpe por telefone e chamar a polícia denunciando um crime que não existiu. O jovem, que está desempregado, chamou a polícia e tentou se passar por alvo de um assalto, visando a uma futura indenização de um banco, mas acabou desmascarado.

De acordo com boletim de ocorrência da Polícia Militar de Barão de Cocais, o jovem foi induzido a fazer uma transferência bancária e, ao perceber que foi alvo de golpistas, decidiu inventar a versão de um ataque de ladrões, para tentar compensar o prejuízo.

Pr volta das 12h o acusado ligou para o telefone 190 da PM, afirmando ter sido feito refém e obrigado a sacar dinheiro em sua conta. De imediato, três equipes de militares seguiram para a agência bancária.

Porém, a experiência dos policiais logo demonstrou que havia contradições na versão do jovem, que disse que o ataque dos criminosos havia ocorrido quase quatro horas antes. Os PMs então deixaram que ele contasse os detalhes do assalto. Ele disse que foi abordado por um homem armado, que o obrigou a ir à agência bancária e sacar R$ 5 mil.

Ao verificar a movimentação na conta do jovem, constatou-se que havia uma transferência bancária de R$ 680 para um correntista de uma agência do banco numa cidade do Nordeste do país. O rapaz

foi preso em flagrante por falso comunicado de crime e confessou que não tinha sido alvo de assaltantes. Ele contou que fez a transferência bancária depois de receber uma ligação telefônica em que lhe disseram ter sido premiado em uma promoção.  Ele foi levado para a delegacia, foi ouvido e liberado. Ele vai agora responder no Juizado Especial Criminal pelo falso comunicado de crime.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui