O jovem Gustavo Henrique Oliveira Chaves, 25 anos, foi assassinado a tiros por volta das 22h de sexta-feira, 26, na esquina da Rua Salmonete com a Rua Drago no Bairro Água Fresca em Itabira. Segundo os militares, populares disseram que após uma rajada de tiros, os autores do homicídio fugiram em um Grand Siena de cor preta.

A Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) recebeu uma denúncia anônima informando que teriam ocorrido vários disparos de arma de fogo e que havia um homem caído com alguns ferimentos na referida rua. Diante do fato, várias guarnições foram empenhadas ao local, onde os militares depararam com Gustavo Henrique caído inconsciente com um intenso sangramento na cabeça.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

IMG_1888O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi chamado para socorrer a vítima. A Unidade de Suporte Avançado (USA) foi enviada ao endereço da ocorrência, mas na chegada da equipe Alfa o médico pode apenas constatar o óbito de Gustavo Henrique.

Os militares isolaram a cena do crime para os trabalhos da perícia técnica da Polícia Civil. Durante os trabalhos, a perita criminal Mariana Costa recolheu cerca de vinte cápsulas de munição calibre 9 mm e dois projéteis aparentando ser do mesmo calibre. No corpo da vítima foram constatadas, a princípio, cinco perfurações, sendo três na cabeça, uma na virilha e outra na perna.

Após os trabalhos da perícia, o corpo de Gustavo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

O delegado de plantão juntamente com um investigador, estiveram no local e já iniciaram os trabalhos de apuração, no objetivo de identificar os autores do crime. Policiais militares fizeram o rastreamento na região, mas até o momento nenhum suspeito foi preso.

 

Fotos : Atila Lemos

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui