Homem é executado a tiros próximo ao motel em João Monlevade

Paulo Roberto tinha apenas 17 anos e ainda não se sabe o motivo do crime

João Monlevade registrou nesta quarta-feira (3), o primeiro homicídio do ano na cidade. O corpo de Paulo Roberto dos Santos, 17 anos, foi encontrado por volta das 09h30 caído às margens da BR-381, no km 356, a cerca de 700 metros do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e próximo a um motel.

Após ser acionada uma equipe da Polícia Rodoviária Federal e outra da Polícia Militar foram para ao local e isolaram a cena do crime até a chegada da Perícia Técnica da Polícia Civil.

O corpo da vítima apresentava perfurações na cabeça, provocadas por disparos de arma de fogo.

Do outro lado da pista de rolamento havia um veículo VW/Voyage placa JNA-4884, estacionado com a chave na ignição.  Ao ser consultada a placa no sistema, os policiais federais constataram que ela era clonada de um Fiat/Tipo, já baixado no sistema Renavan. E que o Voyage, com placa original de Betim era roubado.

Durante vistoria no veículo os policias constataram que no porta-malas havia forte odor de sangue e também machas de sangue no interior do carro.

Segundo a polícia o rapaz era natural de Contagem/MG, mas morava em João Monlevade.

Ainda segundo a polícia, durante levantamentos, foram repassadas informações de que o mandante do crime seria um homem que cumpre pena no Presídio de João Monlevade, que teria feito ameaças de morte contra a vítima na data de ontem (2).

Após colher informações que possam ajudar a elucidar o crime, a perícia liberou o corpo que foi encaminhado para o Instituo Médico Legal (IML), do Cemitério do Baú.

O veículo foi apreendido e levando para o pátio credenciado do Detran na cidade.

O caso será investigado pela equipe de homicídios da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil, de João Monlevade.

*Texto atualizado às 21h20

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui