A CNH apresentada pelo condutor possuía indícios de adulteração e foi apreendida

Um homem de 57 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (17), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) durante uma abordagem de rotina em frente ao posto de fiscalização que fica na Km 355 da BR-381, em João Monlevade portando uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa.

Ele conduzia o veículo I/Nissan 370z com placa de São Paulo, quando foi parado pela fiscalização. Quando ele apresentou o documento os policias suspeitaram por apresentar indícios de falsificação. Em consulta ao banco de dados de Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach/Serpro), os federais constataram que o documento apresentava número de registro, formulário CNH, formulário RENACH, data de validade e data da 1ª habilitação, diferentes do registro no sistema.

Questionado sobre a adulteração da CNH, o homem informou que há aproximadamente um ano, um paciente seu disse ser despachante e que conhecia alguém no Detran/SP que poderia resolver a situação da pontuação e renovação de sua CNH, e que pagou na época o valor de R$1,200,00 para o indivíduo fazer o serviço de despachante.

Ainda segundo o homem teria entregue ao indivíduo sua foto 3×4 e impressão digital para a realização do serviço. Em consulta à base RENACH/SERPRO verificou-se ainda que o motorista teve sua CNH cassada por dois anos, entre 2012 e 2014, e o documento era válido somente até o dia 21 de setembro de 2009.

Ele recebeu voz de prisão em flagrante por uso de documento falso e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, de João Monlevade.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui