Depois de uma perseguição policial por volta das 22h20 dessa quarta-feira (30), que terminou em capotamento do veículo em fuga, policiais da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do posto de fiscalização de João Monlevade prenderam um homem suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas.

Segundo a PRF, durante fiscalização de rotina em frente ao posto de fiscalização no km355, da BR-381, foi dado sinal de parada ao condutor de um veículo Fiat/Strada com placas de Ibirité/MG, no entanto o motorista acelerou o veículo, tentando evadir pela contramão.

Foi iniciada uma perseguição policial por cerca de quatro quilômetros e durante a fuga, o condutor realizou diversas ultrapassagens em locais proibidos, inclusive em curvas, forçando outros motoristas a desviarem para o acostamento para evitar uma colisão.

Próximo do km 351 o condutor perdeu o controle da direção em uma curva, saiu da pista e capotou, atingindo quatro placas de sinalização da rodovia. Ele ainda tentou fugir a pé, mas foi contido e preso em flagrante.

Ele alegou aos policiais que fugiu porque estaria transportando 100 gramas de cocaína, e que o entorpecente seria para consumo próprio e que teria pago por ela a quantia de R$1.300,00 na cidade de Sabará.

Durante buscas no interior do veículo os federais localizaram uma sacola contendo 10 pinos de cocaína e uma pedra de crack e mais um saquinho contendo cocaína.

Segundo o autor, já possui pelo menos quatro passagens pela polícia por roubos de carros.

Sobre o destino que seguia, segundo a PRF, o homem entrou em contradição. Primeiro alegou que seguia para um sítio em Malacacheta, e depois disse que seguia para casa da mãe dele em Teófilo Otoni.

Ele recebeu voz de prisão em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, direção perigosa e sobre efeito de entorpecente e por dirigir sem habilitação.

No acidente o veículo ficou destruído e foi rebocado ao pátio do DETRAN. O homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com as drogas apreendidas.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui