Homem forja assalto para reconquistar ex-namorada

Um homem de 35 anos foi preso após forjar um roubo na casa da ex-namorada, em Ipatinga, na região do Rio Doce, nesse domingo (7). O objetivo do crime era que a mulher ficasse com medo de continuar morando na cidade e fosse viver com ele em outro município mineiro.

O suspeito aproveitou um passeio que fez com a filha do casal, de 2 anos, para colocar o plano em prática. Para a Polícia Militar, ele contou que ao chegar subiu com a criança para o apartamento da ex, localizado na rua Seba, do bairro Canaã, passou pela cozinha e “esqueceu” de trancar a porta.

Minutos depois, os falsos ladrões invadiram o imóvel e abordaram a mulher de 28 anos no cômodo. Com o susto, a jovem chegou a gritar, foi ameaçada de morte e teve a boca tampada por um dos bandidos.

Armado, ele e o comparsa foram para a sala, onde o homem, a garotinha e a mãe da mulher, de 51 anos, assistiam TV. A ex-sogra, empurrada para um dos quartos, foi amarrada e amordaçada com uma fita adesiva. Ela teve que entregar bijuterias e um celular. Logo depois, eles exigiram que a jovem entregasse o aparelho telefônico e R$ 20 em dinheiro.

Durante a ação, Souza fez uma encenação e se colocou no papel de vítima. Dele, que também teve as mãos amarradas, os ladrões “exigiram” o celular, documentos e R$ 800 em dinheiro. Após o crime, os suspeitos fugiram a pé.

Contradições

Durante o registro da ocorrência, militares desconfiaram do ex da vítima, que começou a entrar em contradições sobre detalhes do roubo.

Na conversa, ele acabou confessando a farsa. O suspeito afirmou que não se conformava com o fim do relacionamento e teve a ideia do assalto para que a ex-namorada se sentisse insegura e fosse para Ouro Branco, na região Central do Estado, viver com ele.
O homem contou que, depois do roubo, a dupla foi para rodoviária e comprou passagens de ônibus para Belo Horizonte.

Na capital, o criminoso, de 33 anos, e um adolescente, que não teve a idade revelada, foram detidos com R$ 680, seis celulares e um revólver calibre 38. Todos foram conduzidos à delegacias da capital e de Ipatinga. (Reproduzido do jornal O Tempo).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui