Homem que cumpria condenação em regime de prisão domiciliar é assassinado em Timóteo

TIMÓTEO – A 85ª Companhia Especial da Polícia Militar voltou a registrar na cidade, durante a noite desta quarta-feira (8/6), mais um homicídio. A vítima cumpria pena em regime de prisão domiciliar, situação semelhante da vítima no último crime de mesma natureza, no dia 2 de junho. Reinaldo da Silva Almeida, de 38 anos, foi executada com vários tiros de pistola semiautomática calibre 380.

O assassinato aconteceu na rua Maritaca, no bairro Macuco, por volta das 18h30. Reinaldo foi atacado por um homem que fugiu de motocicleta. O desconhecido, armado de pistola calibre 380, disparou a arma várias vezes contra a vítima. Em seguida, o assassino fugiu em alta velocidade e não foi identificado.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

Reinaldo morreu no local, em frente a um portão de uma residência. A área foi isolada pelos policiais militares para o trabalho do perito criminal Luiz Carlos. Ele verificou que a vítima foi atingida pelo menos cinco vezes na região da cabeça. Foram recolhidos na área do fato, 12 cartuchos deflagrados de calibre 380.

No bolso de Reinaldo, os policiais encontraram documentos de veículos de outras pessoas, e ainda, um caderno com anotações. Os policiais acharam ainda a cópia de uma Carteira de Habilitação, em que a foto da vítima foi “montada” com o nome de outro habilitado.

Dívidas

A mulher de Reinaldo foi até o local do crime e conversou rapidamente com o Portal Diário do Aço. Ela revelou que o marido era ameaçado de morte por traficantes, devido a supostas dívidas de drogas, porém não sabe dizer quem seriam estas pessoas. O casal tinha quatro filhos e morava na mesma rua onde do homicídio.

A Polícia Militar confirmou que Reinaldo saiu da cadeia há pouco tempo, porém estava cumprindo prisão em regime domiciliar. O corpo dele foi removido ao IML de Ipatinga pela funerária São Jorge. Enquanto isso, várias equipes da PM realizaram durante várias horas, buscas para identificar a autoria e os possíveis autores do crime.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui