A Ala de psiquiatria vai atender pacientes do Sésamo

Na última sexta-feira (17), a direção do Hospital Margarida de João Monlevade inaugurou a Ala Psiquiátrica, que será destinada como suporte à pacientes do Sésamo (Serviço de Saúde Mental).

Esteve presente ao evento a prefeita Simone Carvalho Moreira acompanhada do marido, o ex-prefeito Carlos Moreira, da secretária de saúde Andréia Peixoto, o assessor de comunicação da Prefeitura, Will Gomes Nogueira, o presidente do Serviço Voluntário de Resgate (Sevor) Renato Luiz Carvalho, dentre outros convidados.

Na ocasião o provedor da casa de saúde, José Roberto, apresentou aos convidados as duas salas para atendimentos médico, que ficam na entrada principal do hospital, reformas em uma das enfermarias, a Ala de Psiquiatria que passa a funcionar na unidade, o novo sistema de roletas nas portarias do hospital para controlar o acesso de pessoas nas dependências e o novo equipamento de refrigeração do banco de sangue.

Sobre o sistema de roletas José Roberto disse que cada visitante, no momento do cadastro, receberá um crachá na cor da ala em que o paciente está internado. E ele somente conseguirá entrar e sair utilizando o crachá no sistema.

Segundo José Roberto, a Ala de Psiquiátrica que conta com quatro leitos, é uma inovação no Hospital Margarida que passa a ser um dos poucos hospitais no Estado que conta com esse serviço. “Há pessoas no Sésamo que passa o dia lá, e a noite não podem ir pra casa por questão de segurança, então eles poderão vir pra cá pra ficar com mais segurança. É uma novidade, são raros hospitais que dispõe de leitos psiquiátricos”, disse o provedor.

De acordo com Andréia Peixoto, antes os pacientes do Sésamo eram levados para o Pronto Atendimento (PA) para pernoitarem, e os novos leitos vão facilitar o tratamento deles.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui