Diretora da Casa de Cultura, Claira Ferreira, prefeita Simone Moreira e o restaurador Juliano Torre

A imagem de Santana, tombada como patrimônio histórico de João Monlevade, passa por nova restauração que visam manter a conservação da peça, já que apresentava ranhuras na madeira, oxidação do verniz, sinais de ataques de insetos e avarias em algumas partes. Em 2007 a escultura também passou por processo semelhante. 

A imagem de Santana fica na escola que tinha o nome da santa, no bairro Centro Industrial. Com o fechamento do educandário, a santa foi levada para igreja São José Operário.

Nessa semana, em sua rede social, a prefeita de João Monlevade, Simone Moreira (PSDB) e a diretora da Fundação Casa de Cultura, Claira Ferreira, acompanharam o processo de restauração que é realizado por Juliano Torre. Os trabalhos começaram em meados de julho. “A escultura, patrimônio cultural de João Monlevade, será novamente entregue à comunidade nos próximos dias’, escreveu a prefeita.

A imagem de Santana é datada de 1961 e foi esculpida por C. Campos O. Foi trazida do Rio de Janeiro como presente da então Cia. Siderúrgica Belgo Mineira. 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui