Câmeras de segurança ajudam polícia a prender suspeito de matar taxista

Rapaz de 18 anos foi levado para Delegacia de João Monlevade

As imagens de câmeras de segurança de um estabelecimento comercial, perto da rodoviária de Rio Piracicaba, ajudou a polícia a identificar e prender um rapaz de 18 anos, suspeito de matar a facadas o taxista José Mateus Cornélio, 67 anos.

O crime aconteceu na noite da última quinta-feira (23), numa estrada paralela à MG-123 – entre Rio Piracicaba e João Monlevade. O taxista foi assassinado a facadas e atropelado pelo próprio carro.

O suspeito preso confessou o crime e alegou que discutiu com Mateus devido ele não ter dinheiro para pagar a corrida. Na casa do jovem, a polícia encontrou uma camisa azul e uma bermuda com manchas vermelhas aparentando ser sangue.

Em seu depoimento, o rapaz teria dito que solicitou uma corrida para João Monlevade, e no meio da viagem houve um desentendimento entre ele e o taxista.  Houve um confronto e Mateus foi atingido com facadas na cabeça e no pescoço. Após o ocorrido, o jovem tentou sair com o carro, porém engatou marcha errada e acabou passando por cima da vítima. Ele fugiu a pé, sem levar nenhum pertence do taxista.

O rapaz foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui