Fogo teve início na manhã de domingo e, apesar de combate, incêndio seguiu em direção ao parque (foto: Reprodução Instragram)

Um incêndio em vegetação em Catas Altas, ameaça a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) do Santuário do Caraça. O fogo teve início por volta das 10h de ontem, domingo (24), quando surgiram os primeiros focos na mata na Serra do Caraça.

Brigadistas da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad) e Associação Mineira de Defesa do Ambiente (Amda) atuaram no combate. No começo da noite os trabalhos foram suspenso, mas a mata segue queimando em direção ao santuário. Nessa segunda-feira, os trabalhos seguem, principalmente na parte alta, no Pico do Sol, no limite com o Santuário do Caraça.

De acordo com o guia José Roberto Rodrigues, o Betão, o fogo iniciou na serra na parte voltada para Catas Altas. “Eu estava com um grupo de turistas no Pico do Carapuça, dentro do parque, e percebi o avanço das chamas em direção ao Pico do Sol. O incêndio, de grande proporções, seguia em direção a área do parque. Pela distância, não foi possível ver a atuação em terra, mas aviões air tractor despejaram água nos locais íngremes”.

A RPPN é conhecida mundial pela sua biodiversidade, que incluem os famosos lobos-guará, uma atração a parte dos visitantes do local. (Com informações EM).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui