Já começaram as obras para a criação do Centro de Capacitação em Latícinios da Epamig. Neste processo, estão sendo investidos recursos da ordem de R$ 1,2 milhão, provenientes do PAC/Embraba, com objetivo de transformar o antigo prédio de dormitórios do Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT), em Juiz de Fora, no novo espaço.

Os investimentos também contemplam a reforma da oficina e do almoxarifado, além da revitalização de todo o entorno do prédio, com obras de pavimentação, paisagismo e iluminação.

De acordo com o chefe geral da Epamig ILCT, Cláudio Soares, a ideia é criar um ambiente propício à inovação. “Com o Centro de Capacitação, teremos instalações adequadas para potencializar os cursos destinados à indústria e aos produtores de lácteos do Brasil, e até de outros países, além de contarmos com toda estrutura dedicada ao desenvolvimento de novos projetos em parceria com outras instituições”, afirma.

O Centro de Capacitação ocupará os três pavimentos do prédio reformado. No projeto, está prevista a criação de 14 salas de aula, salas de estudo individual e coletivo, sala multimeios e de reunião, além de 12 apartamentos com banheiros privativos para hospedar interessados em participar dos cursos de pequena duração do ILCT.

O espaço abrigará, ainda, os laboratórios de efluentes, de análise sensorial, do núcleo de ensino de ciências e tecnologia, de físico-química e de microbiologia, e de P&D direcionados a atender as empresas interessadas em investir na pesquisa e no aperfeiçoamento de produtos.

Vale ressaltar que todo o prédio contará com recursos de acessibilidade e banheiros adaptados a pessoas com deficiência.

Revitalização interna

Além dos recursos do PAC, o ILCT foi contemplado com R$ 250 mil provenientes de emenda parlamentar, que serão destinados à revitalização do espaço interno de convivência de funcionários e alunos. O refeitório e a biblioteca serão reformados e o pátio será recuperado. O recurso já está assegurado e o processo de licitação para início da obra está previsto para 2018.

As obras representam o resgate da tradição da instituição como referência em ensino, pesquisa e difusão de tecnologia em leite e derivados no Brasil e no exterior. O ILCT contribui há 82 anos para o crescimento da indústria brasileira de laticínios, desenvolvendo e difundindo tecnologia, capacitando pessoal para o setor e formando técnicos que atuam nos segmentos da cadeia de lácteos por todo o Brasil e em outros países.

Julho 2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here