INSS vai reduzir tempo de resposta de benefício

O INSS adotou uma estratégia para reduzir o tempo de análise dos pedidos de benefícios. O tempo definido por lei é de até 45 dias, mas em muitos casos pode se estender por meses. Os pedidos que estão na fila há mais tempo terão prioridade, como destacou a diretora de Benefícios do INSS, Marcia Eliza de Souza.

Entre as medidas que o INSS vai adotar nesse período estão a regulamentação do teletrabalho, quando o servidor público pode trabalhar de casa; o pagamento de bônus por produtividade, independentemente se o benefício será concedido ou não; e a formação de equipes de servidores públicos que vão trabalhar exclusivamente na análise dos pedidos.
Marcia Eliza afirmou que o objetivo é conseguir encerrar o ano cumprindo o prazo de 45 dias para análise dos pedidos.

De acordo com a diretora de Benefícios do INSS, as maiores demandas são por salário maternidade e aposentadoria por idade. Marcia Eliza de Souza acrescentou que estar com a documentação correta e completa pode acelerar a análise do pedido de benefício.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui