De acordo com o cronograma do programa Minas Consciente – Retomando a Economia do Jeito Certo, o governo de Minas Gerais divulgou na manhã desta quinta-feira (1º) o retorno do município para a onda amarela. A determinação endurece alguns protocolos de funcionamento do comércio e espaços públicos.

Os principais fatores para o retrocesso foram o aumento de casos positivos do novo coronavírus (Covid-19) e a taxa de ocupação nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), que elevaram a pontuação para 14. Portanto, a cidade deverá permanecer na onda amarela – cumprindo as restrições desta etapa para que os números da doença fiquem estáveis – pelos próximos 28 dias, a partir deste sábado (3).

Com o retorno para a onda amarela, ficam proibidos o funcionamento de cinema, teatro, casas de shows, entretenimento (parques de diversão e circo, por exemplo) e eventos ao vivo.

Em tempo

A atual pontuação de Itabira refere-se aos indicadores avaliados no Plano Minas Consciente como incidência, capacidade de atendimento e avanço da doença no município, bem como suas variantes. Os parâmetros são: até 12 pontos (verde – situação esperada), entre 13 e 19 pontos (amarela – alerta) e 20 pontos ou mais (vermelha – situação crítica). As cores definidas para os parâmetros indicam o grau de risco da composição de indicadores.

Recomendações de higiene

A população deve ficar atenta e adotar as medidas preventivas: distanciamento de dois metros entre as pessoas, uso de máscaras e de álcool em gel, higienização das mãos constantemente e de forma correta, etiqueta da tosse, ficar em casa sempre que possível e utilizar os serviços de delivery, por exemplo. Os comerciantes devem seguir vários protocolos de segurança, mantendo os procedimentos de higiene e os específicos de cada atividade.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui