Itabira terá novo Presídio, construído pela Vale, para abrigar até 600 detentos

As cidades de Itabira, e Lavras, receberão novas unidades prisionais, cada uma com capacidade para 600 detentos. Trata-se de iniciativa voluntária da Vale, formalizada nessa terça-feira (12), por meio de Termo de Compromisso assinado entre a empresa, o Governo do Estado e o Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG).

A previsão é de que os trabalhos comecem tão logo os terrenos onde serão construídos os presídios, definidos pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP), sejam disponibilizados pelo Estado, livres e desimpedidos.

O acordo prevê que a Vale será responsável por executar todas as obras, em um prazo de trinta meses. Os critérios técnicos para as edificações terão como referência projetos apresentados pela SEJUSP.

As duas unidades prisionais receberão detentos de presídios situados em Itabira, Rio Piracicaba, Nova Lima, Sabará, Barão de Cocais e Congonhas.

Após a conclusão, as novas unidades serão administradas pelo Governo de Minas Gerais, por meio da SEJUSP.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui