Itabira vai impedir entrada de visitantes em pontos turísticos da cidade no feriado

Desta vez a barreira será restritiva e não permitirá a entrada de visitantes

A Prefeitura Municipal de Itabira decidiu endurecer a fiscalização e restrições aos principais pontos turísticos, naturais e pontos de possíveis aglomerações da cidade no próximo feriadão, que ocorre de 9 de outubro (Aniversário da Cidade) a 12 de outubro (Dia da Padroeira do Brasil).

Haverá a barreira sanitária restritiva e não será permitirá a entrada de visitantes. A medida é uma resposta voltada à preservação da vida frente à covid-19 – pandemia que se espalhou pelo mundo em março e que continua inspirando e exigindo muitos cuidados.

Nas últimas barreiras as autoridades fizeram conscientização e aferição do estado de saúde, ninguém apresentou febre ou outros sintomas gripais. Dos veículos abordados cerca de 45% vieram de outras cidades, 35% eram moradores de locais ou comunidades rurais próximas, e 20% eram da área urbana de Itabira.

Praças e Museus da cidade também serão fechados e todas as ações terão apoio de Superintendência de Transportes e Trânsito (Transita), fiscais de Postura, Vigilância Sanitária e Meio Ambiente.

Apesar das frequentes campanhas de conscientização e massiva divulgação das restrições necessárias para redução do contágio pelo coronavírus, a recente flexibilização e reabertura do comércio têm mostrado que parte da população está descumprindo orientações e normas.

Desde o último dia 3 de setembro, a curva de contágio entre os itabiranos se acentuou. Ou seja, houve descumprimento de medidas de prevenção como a lavagem frequente das mãos, uso de álcool em gel e máscara, associados a mais situações de aglomerações e até realização de eventos clandestinos precisaram ser coibidos pela Polícia Militar.

A data coincide com a decisão do Governo de Minas Gerais que reconheceu que os indicadores em Itabira estavam controlados. Graças às medidas de ampliação de leitos nos nossos hospitais e um rigoroso monitoramento e isolamento dos casos suspeitos e confirmados, o Estado classificou o Município e a microrregião como estando na onda verde de seu programa de retomada da economia, o Minas Consciente.

Mas, agora, frente a este aumento nos casos, e para evitar que Itabira enfrente uma situação calamitosa nas próximas semanas, é que o Município adotará medidas restritivas durante o feriadão. “A ideia é fazer um esquema que a gente impeça o uso dos principais espaços públicos em Itabira para desinteressar que as pessoas saiam de casa e se aglomerem”, explica a secretária municipal de Saúde, Rosana Linhares, em entrevista dada em conjunto do secretário de Desenvolvimento Urbano, Robson de Souza.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui