João Monlevade cai em avaliação que mede desenvolvimento dos municípios

Vista parcial de João Monlevade (Bell Silva)

João Monlevade caiu na avaliação do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), que mede o desenvolvimento dos municípios brasileiros. O indicador tem o ano base de 2016 e a queda ocorre após três anos seguidos de crescimento. O indicador fechou em 0,729, em 2016. No ano anterior, a indicação foi de 0,724. Já em 2014, João Monlevade registrou o IFDM em 0,807 e de 0,820 em 2013. O município também despencou na avaliação estadual, passado de 148º lugar para 185º no ranking.

Divulgado nesta quinta-feira (28) pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), com base em dados de 2016, o IFDM 2018 monitora os indicadores sociais com base e três vertentes: emprego e renda, saúde e educação.

A queda do índice em João Monlevade de 2015 para 2016 é reflexo da retração econômica, já que os números que apontam emprego e renda diminuíram passando de 0,510 para 0,536 de um ano para outro, permanecendo na categoria regular, conforme avaliação da Firjan.

Em relação às outras duas vertentes, João Monlevade também registrou queda no índice da educação, passando de 0,838 de 2015 para 0,845 em 2016. A saúde melhorou com salto de 0,824 para 0,806 de um ano para o outro. Esses dois índices são apontados como de alto desenvolvimento, conforme o estudo.

No resultado geral, incluída a média das notas dos três indicadores (emprego e renda, saúde e educação), foi observado que João Monlevade apresenta desenvolvimento moderado.

O estudo adota uma escala de avaliação que vai de 0 a 1 – quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento do município. As cidades são divididas em quatro categorias: baixo desenvolvimento (de 0 a 0,4), desenvolvimento regular (0,4 a 0,5), desenvolvimento moderado (de 0,6 a 0,8) e alto desenvolvimento (0,8 a 1). O índice vem sendo aferido há uma década.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui