João Monlevade discute fortalecimento do serviço de Assistência Social

Secretária de Assistência Social, Dorinha Machado, em pronunciamento na abertura da conferência

Ocorreu, na última quinta-feira, 6, a 10ª Conferência Municipal de Assistência Social, na Associação dos Aposentados e Pensionistas de João Monlevade, no bairro Baú. O evento teve como tema “Garantia de Direitos no fortalecimento do SUAS (Serviço Único de Assistência Social)”. A conferência ocorre a cada quatro anos e tem como finalidade verificar o que foi realizado na área de assistência social, avaliar, debater e decidir prioridades nas políticas públicas para os próximos anos.

Quatro eixos nortearam as propostas apresentadas nas pré-conferências, realizadas no mês de junho, e a palestra proferida pela consultora técnica de Assistência Social das APAEs (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de  Minas Gerais, Maria Juanita Godinho. Os eixos discutidos foram: a proteção social não contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais; gestão democrática e controle social: o lugar da sociedade civil no SUAS; acesso às seguranças socioassistenciais e articulação entre os serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais; a legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.

Participaram cerca de 150 pessoas, sendo que aproximadamente 50 delas tinham direito a voto. Entre as propostas aprovadas estão a expansão do atendimento de assistência social, a contratação de novos profissionais para completar equipes de trabalho, o aumento da oferta de cestas básicas mensais, a capacitação dos conselhos, o repasse de verbas em dia, a estruturação do albergue municipal e do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e a Criação do Centro de Referência Municipal de Inclusão da Pessoa com Deficiência. A secretária de Assistência Social, Dorinha Machado, avalia como positiva a conferência. “Trilhamos um caminho democrático com propostas importantes para melhorar o atendimento e a qualidade de vida dos monlevadenses. Estão todos de parabéns”, afirmou a secretária.

As propostas apresentadas em nível municipal, estadual e federal serão levadas para a Conferência Regional, em Timóteo, em data ainda a ser comunicada. Foram escolhidas oito pessoas para representar João Monlevade nesse encontro. Os representantes do governo são Tatiana Meireles Siqueira, Elza Dutra, Nádia Cota Guimarães e Carlos Alberto da Silva Gomes. Já da sociedade civil, Jalva de Fátima Ribeiro Santos e Maria Cristina Angelo Bastos representam os usuários; Maria Valdete Leite da Cruz, os trabalhadores da área e Elias Gonçalves, as entidades.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui