Uma mulher de 45 anos foi estuprada e queimada pelo namorado dela, um homem de 54 anos. O caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (30), em João Monlevade. A mulher deu entrada no Hospital Margarida com queimaduras profundas de segundo grau na região lombar. Ela está internada e deve ser submetida a uma cirurgia.

Para a polícia, a vítima contou que estava no bairro Nova Monlevade, na casa do namorado dela, um homem de 54 anos, e que depois dos dois beberem, ele queria fazer sexo com ela. Diante da negativa da mulher, o homem a estuprou. Ele também teria trancado a porta da casa e aumentando o volume do som para abafar os gritos de socorro da namorada.

A vítima então se deitou na cama com intuito de esperar o homem adormecer para ir embora. No entanto, ela contou que de repente sentiu um calor no corpo e percebeu que o namorado, usando um isqueiro, colocou fogo na sua blusa. As chamas queimaram a peça de roupa e causaram queimaduras nas costas, tórax, rosto, axila esquerda, região lombar lado esquerdo e braço esquerdo da mulher.

Quando o homem percebeu que a namorada estava ferida, deixou que ela fosse embora. A vítima, conseguiu chegar em casa e chamou a polícia. O suspeito foi preso em flagrante e negou ter estuprado a namorada e ter ateado fogo nela. O caso segue sob investigação.

Esse é o segundo caso de estupro registrado em João Monlevade numa semana. No final de semana passado, uma adolescente de 16 anos acusou ter sido estuprada pelo marido da tia. O caso aconteceu no bairro Sion. Clique aqui para ler.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui