João Monlevade já tem quatro candidatos a prefeito confirmados

Os nomes de Simone Moreira (PTB) e Laércio Ribeiro (PT) foram aprovados em convenções partidárias realizadas no final de semana

Mais dois nomes se juntaram ao time de candidatos que vão concorrer à prefeitura de João Monlevade nas eleições deste ano: Simone Moreira (PTB) e Laércio Ribeiro (PT). As definições aconteceram no final de semana nas convenções partidárias das duas legendas.

Outros dois postulantes ao cargo de prefeito de João Monlevade já tinham sido confirmados: Railton Francklin (PDT) e Luiz Carlos Henrique Freitas (Patriota).

Simone Moreira em convenção do PTB

A Força que vem do Povo

O PTB chancelou o nome da prefeita de João Monlevade, Simone Moreira, para concorrer à reeleição da Prefeitura de João Monlevade. Ela é a primeira mulher a governar a cidade e terá a ex-vice-prefeita Conceição Winter (Cidadania) como candidata a vice. Essa é a única chapa feminina que concorre ao cargo majoritário na cidade. Simone é casada com o ex-prefeito Carlos Moreira, que teve Conceição como sua vice-prefeita. PTB, Cidadania, Republicanos e PSC se juntam na coligação “A Força que vem do Povo” . O jargão é o mesmo que foi usado nas campanhas de Moreira.

Fabrício Lopes e Laércio Ribeiro

Juntos por Monlevade

Juntos por Monlevade é o nome da coligação dos partidos PT, Avante, MDB, Podemos, DEM e PCdoB e que tem como candidato ao cargo majoritário o médico e ex-prefeito de João Monlevade Laércio Ribeiro (PT) com o atual vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante), candidato a vice. A convenção dos partidos ocorreu por videoconferência, apenas entre os filiados e pré-candidatos das siglas. A princípio seria realizada uma “live”, já que os encontros presenciais foram descartados devido ao candidato Laércio Ribeiro e outros integrantes do PT terem contraído o coronavírus. No entanto, a live foi também abortada para evitar questionamentos judiciais.

Delci Couto e Werton Santos

E Delci Couto?

A confirmação da candidatura a prefeito do contador Delci Sérgio Couto (PSB) e de Werton Conceição Santos (PSL), como vice, foi adiada para esta quarta-feira. É que o PSL teria desistido da chapa e anunciado apoio à candidatura do médico Railton Francklin. A reviravolta virou caso de polícia e membros da pré-campanha registraram um boletim de ocorrência junto à Polícia Militar para esclarecer os fatos e decidir o que será feito. A coligação de Delci Couto seria formada por PSB, PSL, Pros e PMN.

O prazo para realização das convenções partidárias termina na quarta-feira (16).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui