Um mototaxista que trabalha num dos pontos credenciados em João Monlevade está internado em um hospital de Belo Horizonte depois de passar por cirurgia devido a dois tiros que levou no pescoço.

O homem  foi baleado por um suposto cliente, durante uma corrida. O crime aconteceu na manhã do último domingo (23). A polícia  ainda não divulgou as informações oficiais, mas relatos de testemunhas dão conta de que o mototaxista foi chamado pelo cliente no velório municipal de João Monlevade para fazer uma corrida até o bairro de Lages, em Bela Vista de Minas.

Ao chegar ao destino, o cliente teria efetuado os disparos, sem anunciar o assalto e fugiu com a moto da vítima. Dinheiro e documentos  do mototaxista também foram deixados para trás. Até o momento, a motocicleta, uma Falcon, não foi localizada.

O mototaxista foi socorrido ao Hospital Margarida, em João Monlevade e transferido no mesmo dia para a capital mineira. O estado de saúde dele inspira cuidados.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui