João Monlevade recebeu um número menor que o previsto de vacinas contra o coronavírus. O município deveria receber 1.992 doses do imunizante, mas recebeu apenas 1.600.

Como os lotes são entregues em duas etapas, o município deveria ter recebido 996 vacinas no dia 19 e não só 800. Na quinta-feira (21), a Secretaria de Saúde foi informada pela Gerência Regional de Saúde (GRS) que das 196 vacinas que faltaram, 120 foram destinadas para a cidade de Rio Piracicaba de forma equivocada.

Este lote de 120 vacinas foi redirecionado para João Monlevade e já está sendo aplicado na população alvo da atual etapa de vacinação. Entretanto, outras 76 doses que deveriam chegar à cidade no dia 19, ainda não foram entregues.

GRS promete repor doses que faltaram

O município já solicitou à GRS um esclarecimento sobre o ocorrido e reivindicou as doses restantes. A gerência regional se comprometeu a repor as 76 vacinas faltantes, quando enviar o próximo lote do imunizante para o município.

Conforme protocolo de vacinação do Ministério da Saúde, serão vacinados contra o coronavírus nesta fase: trabalhadores da saúde, prioritariamente os que estão na linha de frente no enfrentamento à pandemia; pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência; pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência que estão em residências inclusivas; população indígena vivendo em terras indígenas; trabalhadores das insti

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui