João Monlevade tem casos suspeitos de chikungunya e zika

Foto: Divulgação

Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou que, em João Monlevade, foi registrado no mês de março, um caso suspeito de chikungunya e outro de zika vírus. Além disso, os números apontam 12 casos de dengue. No ano passado, no mesmo período, foram 13 casos de dengue, dois casos de chikungunya e um de zika.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, desde 2011 os quatro sorotipos do vírus da dengue foram identificados em Minas Gerais, com predomínio da circulação do sorotipo DENV1. Este ano, pela primeira vez o sorotipo DENV2 predomina entre as amostras em que foi possível a identificação de sorotipo no estado.

Minas

Em 2018, até o momento (09/04), Minas Gerais registrou 11.367 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos) de Dengue. Em 2018, até o momento, dois óbitos foram confirmados por dengue, um no município de Conceição do Pará e um em Uberaba. Há nove óbitos em investigação para dengue.

Em relação à Febre Chikungunya, Minas Gerais registrou 2.724 casos prováveis da doença. Não foi registrado, até o momento, óbito confirmado ou em investigação para chikungunya em 2018. Já em relação à Zika, foram registrados 113 casos prováveis em 2018.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui