Tendo perdido os dois últimos jogos na Série B do Campeonato Brasileiro, ambos por 2 a 1, diante do Paraná Clube e do Avaí, o Vasco sabe que precisa reagir rapidamente e a primeira oportunidade é o choque contra o Brasil de Pelotas neste sábado, às 18h30 (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela 15ª rodada. Porém, cientes de que estão pressionados, os atletas vascaínos pregam a tranquilidade na luta pelos três pontos.

“Vamos precisar de muita tranquilidade, não podemos deixar a bola pesar nos nossos pés, pois se isso acontecer as coisas vão ficar muito mais complicadas. Temos que conquistar a vitória, porque os últimos resultados não foram os esperados e não podemos nos complicar na tabela de classificação, mas, também, não precisamos deixar que essa pressão seja maior e complique o nosso desempenho em campo”, disse o atacante Jorge Henrique.

O zagueiro Rodrigo concorda: “Estamos nos preparando para um jogo muito complicado, pois dessa vez a série recente não foi boa, perdemos os dois últimos compromissos e temos que reagir para evitar dificuldades. Respeitamos demais o Brasil de Pelotas e seus jogadores, mas a vitória é o único resultado que interessa ao Vasco. Vamos ter que ter tranquilidade para agirmos bem em campo e não sermos surpreendidos”, avisou.

622 4be25f06 7725 3afe b535 1bb66c6b0e85
Entenda o impasse que dificulta a ida de Leandro Damião para o Vasco

O volante Marcelo Mattos lembrou da necessidade de aprender com as duas derrotas recentes dentro de casa. Antes de cair diante do Paraná, o Cruz-Maltino foi superado pelo Paysandu, pelo placar de 2 a 0.

“O Vasco precisa vencer porque já perdeu alguns pontos importantes dentro de casa, contra Paysandu e Paraná. Temos que pegar o que aconteceu de errado naqueles jogos e trazer à discussão para que não se repita”, disse Mattos.

Mais uma vez o técnico Jorginho não liberou o acesso dos jornalistas ao treino desta manhã de quinta-feira. Porém, o time está escalado para sábado e terá o goleiro Jordi e o atacante Thalles ocupando as vagas, respectivamente, do uruguaio Martin Silva e de Leandrão, suspensos por acúmulo de cartões amarelos. Nesta sexta-feira pela manhã o plantel volta a treinar e, depois, começa o período de concentração.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui