Dois jovens, moradores de Coronel Fabriciano, foram assassinados a tiros, por volta das 20h desta quarta-feira (21/9). Os dois eram amigos e estavam juntos em uma casa na rua Maria de Lourdes de Moraes, bairro Maria Delfina Benevides (Alipinho), quando chegaram quatro homens. Dois adolescentes, ambos com 16 anos, foram apreendidos pela Polícia Militar como suspeitos de envolvimento na dupla execução.

Leonardo Antunes Soares, o “Léo”, de 19 anos, e Glawber Ricardo Souza Lopes, de 21 anos, foram alvejados com vários tiros de arma de fogo. Após a execução, os autores fugiram em um carro de cor cinza. Os dois amigos morreram no local, antes da chegada do socorro. A PM isolou a área para o trabalho da perícia da Polícia Civil. Um cartucho deflagrado, de revólver calibre 38, foi encontrado caído junto ao meio-fio da calcada, em frente à casa.

O perito criminalista apontou, em uma análise preliminar, que Léo foi baleado com um tiro no tórax. Ao lado dele, foram apreendidos uma porção de maconha e um celular. Já Glawber foi atingido no rosto, tórax e nas nádegas. Um cigarro de maconha foi apreendido junto ao rapaz assassinado. Os corpos foram removidos, pela funerária Nova Aliança, para o IML de Ipatinga.

A Sala de Operações do 58º Batalhão de Polícia Militar recebeu informações, após o crime, que uma pessoa havia sido atropelada por um Fiat Palio de cor cinza, cuja placa anotada seria HFH-6167, veículo com as mesmas características do carro avistado na fuga após o duplo homicídio na região do Alipinho.

Pela placa do carro, os policiais militares, comandados pelo tenente Flávio Batista, realizaram um cerco e encontraram um adolescente na condução do automóvel. Com o flagrante, ele confessou a participação no crime, apontando ainda outros envolvidos. Outro jovem, também de 16 anos, foi localizado, faltando ser preso um adulto e outra pessoa ainda não identificada pela polícia.

Um dos adolescentes ficou na vigilância, aguardando o melhor momento para o ataque. Um dos suspeitos detidos confessou que Léo era o alvo, mas como Glawber estava junto e tentou correr, acabou morto também. O autor dos tiros, que seria o adulto identificado, chegou a recarregar a arma, momento que um cartucho deflagrado caiu.

O carro utilizado no crime foi apreendido e removido ao pátio do Socorro Moraes, credenciado pela Detran. Os dois adolescentes foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil. Os outros envolvidos ainda são procurados em toda a região, por outras equipes policiais.

Com informações: Diário do Aço

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui