Juiz e promotor eleitoral apontam eleições dentro da normalidade em João Monlevade

Juiz eleitoral Estevão Damázio (Kátia Passos)

Apesar de a apuração dos votos ainda não ter sido concluída em João Monlevade até as 20h40 deste domingo (15), o juiz eleitoral Estevão Damázio e o promotor Igor Citeli pontuaram que o processo eleitoral ocorreu dentro da normalidade no município.

O magistrado destacou que foram seguidos rigorosamente todos os protocolo de saúde e a população compreendeu bem a situação. “Todos os eleitores estavam de máscara nos locais de votação. É uma festa da democracia, como se costuma dizer e a população está de parabéns. Até o momento todos os trabalhos ocorreram na maior normalidade e a equipe do Cartório continua fazendo os trabalhos até o final”, falou o juiz Estevão Damázio.

O promotor Igor Citeli destacou que nesse ano não houveram derramamento de santinhos nas portas das escolas, o que foi considerado bastante positivo. “É um aspecto positivo a ser ressaltado”, comentou.

“A ação foi objeto de orientação do Cartório Eleitoral aos partidos políticos, candidatos e todos estão de parabéns por terem aderido. Além de ser crime fazer o derrame no dia da eleição, é uma prática que suja a cidade e o cidadão não quer ver isso mais. A cultura evoluiu e mudou”, completou o juiz Estevão.

Além de João Monlevade, tanto o juiz quanto o promotor também foram responsáveis pelo processo eleitoral na cidade de Rio Piracicaba. Lá o pleito não apresentou anormalidades.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui