Junho Violeta: campanha conscientiza sobre violência contra a pessoa idosa

No mês de conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, a Prefeitura de João Monlevade, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, juntamente com o Conselho Municipal da Terceira Idade (Comti), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centro de Referência de Assistência Social (Cras), realizam ações para orientar a população sobre serviços, garantia dos direitos e canais de denúncia.

Anúncios

Segundo o presidente do Comti, Hélio Fuscaldi Ribeiro, o objetivo da campanha é abordar as medidas para prevenir e identificar situações de violência, negligência e abuso contra os idosos.  Ele alerta que as principais violências identificadas contra o idoso são as física, sexual, de abuso financeiro ou material, além de abandono e negligência. Hélio orienta que a denúncia anônima pode ser feita pelo Disque 100.

Creas – O Centro de Referência Especializado de Assistência Social faz o acompanhamento das pessoas idosas vítimas de violência que são encaminhadas pelo Ministério Público, Poder Judiciário, Disque 100 e demandas espontâneas.   Segundo dados do Creas, durante a pandemia, o número de casos de violência contra a pessoa idosa em João Monlevade diminuiu com relação ao ano de 2019.

Continue lendo após o anúncio

Notificações – Em 2019 foram 25 notificações recebidas. Em 2020 foram 10 notificações e nos primeiros seis meses de 2021 foram oito.  A coordenadora do Creas, Tatiana Meireles acredita que esteja havendo subnotificação, principalmente pelo fato dos idosos estarem em isolamento social, o que dificulta a realização da denúncia.

Live – Hoje, terça-feira (15), no Instagram do Conselho Municipal da Terceira Idade (@comti2021 https://www.instagram.com/comti2021/ ), será transmitida uma live  a partir das 18h30 com o tema: “Rompendo o Silêncio”. O debate vai contar com a presença do presidente do Comti, Hélio Fuscaldi; do promotor de Justiça, Igor Citeli; da ex-presidente do Conselho, Luciana Drumond; da assistente social, Leilane Freitas, e das coordenadoras do Cras e Creas, Cássia Rocha e Tatiana Meireles.

Disque 100-  Para denunciar casos de violência contra idosos, qualquer pessoa pode telefonar para o Disque 100. O serviço é prestado 24 horas, inclusive em finais de semana e feriados.

Campanha –  Em 15 de junho é celebrado o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, conforme declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa no ano 2006.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui