Os descontos serão oferecidos por mais de 50 empresas

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que a queda pela metade da taxa de juros do cartão de crédito deve ocorrer a partir do fim do primeiro trimestre do ano que vem.

“O que prevemos é que serão cerca de 90 dias em que as medidas começarão a ser implementadas. E isso já estará em vigor a partir do final do primeiro trimestre. É um prazo viável, sim, na medida em que hoje as condições da economia brasileira já estão bastante diferentes, e o ajuste fiscal está em andamento”, disse o ministro.

Meirelles afirmou que a economia do país dá os primeiros sinais de recuperação e que, a partir do ano que vem, a melhora será ainda mais “visível”. “A situação do Brasil já é, e será outra, de forma ainda mais visível a partir do final do primeiro trimestre. Isso, juntamente com algumas medidas regulatórias de cartão de crédito que tomaremos, como a unificação das máquinas nos pontos de venda, que já foi implementada, e uma série de outras, permitindo que os custos sejam menores.”

O ministro ressaltou que houve uma conversa do Banco Central com outros bancos para enfatizar a necessidade de “um esforço de todos” de modo que o Brasil volte a crescer.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui