Ladrões armados roubam R$ 73 mil e atiram em funcionário antes de fugirem

Dupla invadiu prédio em obras bem na hora em que era feito o pagamento de funcionários

Por volta das 13h30 desta sexta-feira (4), dois homens armados invadiram um prédio em construção na avenida Gentil Bicalho, bairro Santa Bárbara, em João Monlevade e fugiram com R$ 73 mil. Antes da fuga, um dos assaltantes atirou em um dos funcionários, que foi socorrido ao Hospital Margarida.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, o administrador da empresa, de 53 anos, contou que estava no escritório com duas secretárias, de 27 e 44 anos, para fazer o pagamento dos funcionários.  Quando efetuava o pagamento ao primeiro funcionário, de 48 anos, chegou ao escritório um homem magro, de cor clara, usando camisa manga curta preta e um capacete de cor prata com viseira abaixada. Ele empunhava uma arma de fogo aparentando ser uma pistola e anunciou o assalto. O ladrão acertou uma coronhada na nuca do administrador e mandou que ele deitasse no chão.

Anúncios
Continue lendo após o anúncio

O funcionário que aguardava o pagamento também foi atingindo com uma coronhada. O bandido também orientou que ele e as secretárias deitassem no chão. O assaltante roubou aproximadamente R$ 40 mil em dinheiro e cerca de R$ 33 mil em folhas de cheque preenchidas.

Segundo as vítimas, quando saía do escritório, o autor efetuou um disparo para baixo. O tiro atravessou a parede de madeirite do escritório e atingiu um funcionário que estava do lado de fora. O homem, de 26 anos, foi baleado ferimento na região lombar do lado esquerdo, sendo socorrido pela equipe do SEVOR ao Hospital Margarida.

Um outro funcionário que estava do lado de fora do escritório presenciou os fatos e contou aos militares que no momento em que o autor adentrou no escritório, um outro bandido descrito como baixo, magro, claro, trajando camisa branca e capacete branco com a viseira espelhada,  ficou do lado de fora dando cobertura ao comparsa. Ele também estava armado e mandou que todos se deitassem no chão.

Segundo relatos, os autores evadiram em uma motocicleta Yamaha/Factor vermelha sem as carenagens do tanque e com os dígitos da placa número 2687. No chão do escritório foi localizada um estojo de calibre aparentemente .380. O local foi isolado e preservado, tendo sido contatada a perícia técnica para comparecimento ao local. Foi realizado intenso rastreamento pelas viaturas do turno, mas até o momento ninguém foi preso.

Anúncios
Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui