Ao lado direito da foto é possível ver o momento em que os bandidos balearam o policial militar

Ladrões que tentaram roubar agências do Banco do Brasil e da Sicoob, na cidade de Santa Margarida, na Zona da Mata, fuzilaram um cabo da Polícia Militar, na manhã desta segunda-feira (10). O policial Marcos Marques da Silva, de 37 anos, morreu com um tiro de fuzil na cabeça. Um vigilante do Banco do Brasil, Leonardo José Mendes, também foi morto na ação do bando, que antes de fugir levou dois moradores como reféns. Eles foram liberados pouco depois.

Segundo informações da Polícia Militar, um grupo de oito criminosos armados com fuzis atirou contra as agências na tentativa de abrir os caixas eletrônicos.

Na cidade, havia apenas dois militares no momento da ação. Os PMs foram até o local e trocaram tiros com os criminosos. O cabo Marcos morreu na calçada de uma das agências, quando o grupo fugia em uma caminhonete Toro, de placas PYS-6660.

O vigilante Leonardo José Mendes, que não teve a idade informada, chegou a receber os primeiros socorros, mas morreu no local com graves ferimentos. Um segundo vigilante foi ferido e levado para o hospital de Manhuaçu. Os dois homens trabalhavam no Banco do Brasil.

As vidraças dos terminais foram destruídas. O carro foi localizado nas proximidades da cidade, no córrego São Paulo, em São João do Manhuaçu, também na Zona da Mata. Os reféns foram liberados. Segundo a PM, os criminosos fugiram em um Gol, após abandonar a caminhonete.

Três bandidos foram presos pela Polícia Militar, em uma mata. Um quarto homem conseguiu fugir. Foram apreendidas três armas calibre. 12, uma submetralhadora, dois coletes balísticos, toucas ninja e farta munição.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui