O roubo ocorreu por volta das 11h40 desta sexta-feira (31)

A Polícia Militar de João Monlevade registrou mais uma assalto a uma loja de celulares na cidade. O alvo dos marginais, desta vez, foi a loja da Claro, localizada na avenida Getúlio Vargas, em Carneirinhos.

O crime ocorreu por volta das 11h40 dessa sexta-feira (31), a poucos metros da sede do primeiro Pelotão da Polícia Militar. Pelos menos dois criminosos aparecem nas imagens captadas pelo sistema de vigilância eletrônica do estabelecimento.

Os assaltantes chegaram e renderam duas funcionárias da loja. De uma delas um parelho celular foi arrancado de suas mãos.

Nas imagens divulgadas em uma rede social não foi possível ver a arma utilizada por eles, mas aparentemente ela estava na cintura de um deles. Após render duas funcionárias um dos marginais vai até a vitrine da loja e rouba cerca de 20 celulares, enquanto um comparsa dava cobertura.

Ao concluírem o roubo, os criminosos saem da loja tranquilamente. A Polícia Militar foi acionada e realizou intenso rastreamento e comunicou o crime na rede de rádio e acionou as frações vizinhas e da capital.

Segundo o major André Pedrosa do Rosário, comandante da PM na cidade, um dos autores foi preso em Belo Horizonte conduzindo a mesma motocicleta e roupas usadas no assalto em João Monlevade. Todos os produtos roubados foram recuperados. O marginal possuía um Mandado de Prisão em aberto. O comparsa dele ainda não foi localizado.

Depois o assalto a loja ficou fechada durante o resto do dia.

 

 

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui