Maior feira de games da América Latina mostra as novidades do setor

Game Show (BGS) 2019, maior feira de games da América Latina, no Expo Center Norte (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Os fãs de games encontram seu lugar na maior feira do setor da América Latina, no Expo Center Norte, em São Paulo. A Brasil Game Show (BGS) 2019 vai até 13 de outubro, com diversas atrações e novidades para o público, como a apresentação de jogos inéditos. Além das novidades nos stands, há a possibilidade de conversar com os principais jogadores, youtubers streamers do país.

Durante a BGS 2019, ocorrem alguns dos principais torneios oficiais do mundo dos games, como as disputas de Counter-Strike Global Offensive (masculino), Counter-Strike Global Offensive (feminino), Mortal Kombat Pro Kompetition, Torneio Oficial de Crossfire e a qualificatória para o Major de Gears 5. Os torneios ocorrem todos os dias.

Publicidade

O público também poderá conhecer jogos que chegarão ao mercado nos próximos meses, entre eles Death Stranding, Marvel’s Avengers, Bleeding Edge, Minecraft Dungeons, Luigi’s Mansion 3 e Need for Speed Heat.

Para quem quer conhecer as estrelas dos games, a BSG 2019 traz convidados nacionais e internacionais, entre eles Steven Ogg, Shawn e Ned Luke (atores de GTA 5), Hidetaka Miyazaki (produtor de Sekiro), John Romero (criador de Doom), Al Lowe (criador de Leisure Suit Larry), Shota Nakama (criador da Video Game Orchestra), Yoshinori Ono (produtor de Street Fighter 5), Charles Martinet (a voz do Super Mario), Ed Boon (criador de Mortal Kombat), Howard Warshaw (crador de ET do Atari), DC Douglas (voz de Albert Wesker de Resident Evil), Gary Stern (criador da Stern Pinball).

 Brasil Game Show (BGS) 2019, maior feira de games da América Latina, no Expo Center Norte.
Brasil Game Show (BGS) 2019 terá concurso de cosplay – Rovena Rosa/Agência Brasil
Área de cosplay

A área de cosplay é uma das maiores atrações da feira. Interpretando e vestidos iguais aos personagens de jogos, os chamados cosplays participarão de um campeonato oficial do evento e também desfilarão pelos corredores e estandes. Pelo evento é possível esbarrar e tirar foto com personagens como o Homem-Aranha, Capitão América, Mario Bros, entre outros.

Cosplay de Fiora, do game League of Legends, a vendedora Rafaela Maestria, de 24 anos, disse que começou a fazer cosplay há 10 anos. “Quando fui no meu primeiro evento de cosplay eu me apaixonei. Vi o pessoal todo montado e logo pensei em participar. Não participo de concursos, mas gosto de vir pra me divertir, tirar fotos e conversar com quem chega”.

O auxiliar administrativo Igor Rodrigues dos Santos, que interpreta o Tiandi do game For Honor, diz que a vida de cosplay é bem corrida. “Quando você chega no evento e veste a roupa fica só por conta de tirar foto. Mas gosto de participar de concursos e já estive no concurso daqui no ano passado”.

Apaixonado pelo mundo dos games, o cosmaker Caio Barros Gama, de 23 anos, fez da paixão pelos games e da atividade de cosplay uma fonte de renda. Ele produz acessórios para outros cosplays, como armas e armaduras.

“Gosto de games desde pequeno, é uma coisa que me deixou próximo dos meus irmãos, os games te dão amigos, te aproximam de quem já está próximo, é a paixão que deixa todo mundo junto”. Na BSG, ele estava de cosplay de Joel do game The Last of Us.

 Brasil Game Show (BGS) 2019, maior feira de games da América Latina, no Expo Center Norte.
Brasil Game Show (BGS) 2019 é a maior feira de games da América Latina – Rovena Rosa/Agência Brasil
Avenida Indie

A Avenida Indie é uma área de jogos independentes. No local é possível jogar games produzidos por estúdios independentes e por isso é possível encontrar produtores apresentando os jogos aos fãs. O local é patrocinado pelo Banco do Brasil, como forma de incentivar os desenvolvedores nacionais de jogos eletrônicos.

Vindos de Curitiba, os produtores do game Eternal Hope falaram da experiência de participar da BSG 2019. “É um desafio porque nós trazemos uma história imersiva, uma narrativa que tenta colocar o jogador na pele do personagem, enquanto a maioria dos outros jogos tentam trazer um game play, nós trazemos algo diferente do que todos trazem e é uma grande oportunidade para nós para estar em contato tanto com os jogadores quanto com os publishers (marcas de consoles de videogame)”, disse o desenvolvedor de áudio Gabriel de Souza Gouveia Oliveira.

Agência Brasil 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui