Com 5.262 famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, instrumento obrigatório na seleção dos beneficiários dos mais de 20 programas sociais implantados pelo Governo Federal, o município de João Monlevade coordena o Bolsa Família, a Tarifa Social de Energia Elétrica, Isenção na Taxa de Concursos Públicos, Benefício de Prestação Continuada, Facultativo Dona de Casa, Minha Casa Minha Vida e ID Jovem, entre outros.

Segundo Tarcila Valéria Fernandes Moreira Azevedo (Coordenadora Técnica Operacional do Cadastro Único/PBF), somente com o Programa Bolsa Família, o município de João Monlevade possui 2.351 famílias beneficiárias.

Tarcila Azevedo disse que, “para se receber o benefício, a família deve estar de acordo com o perfil de renda estabelecido para recebimento (Lei 10.836/2004), ou seja, possuir renda máxima de R$ 89,00 por pessoa, para famílias compostas unicamente por adultos, ou renda máxima de R$ 178,00 para famílias compostas por crianças”.

A Secretaria Municipal de Assistência Social informou que a seleção das famílias é feita de forma automática e sistematizada pelo Governo Federal, a partir das informações repassadas pelo responsável familiar no ato do cadastramento.

Tarcila Azevedo ressaltou que “cabe ao município a competência de possibilitar que a família seja incluída no Cadastro Único e tenha as suas informações atualizadas regularmente a cada 12 meses, ou sempre que houver a necessidade de alteração das informações, acompanhar a taxa de frequência escolar e acompanhamento da saúde e realizar a interlocução entre as Secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação, contribuindo, assim, para que o beneficiário tenha as suas necessidades básicas atendidas”.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui