Mauri Torres é eleito presidente do Tribunal de Contas de Minas

José Alves Viana (vice-presidente), Mauri Torres (presidente),Gilberto Diniz (corregedor) e Durval Ângelo (conselheiro)

Em sessão plenária, os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCEMG) elegeram os novos presidente, vice-presidente e corregedor da Casa no biênio 2019-2020. Por unanimidade e seguindo a tradição da Corte de Contas, pela qual o vice torna-se titular no biênio seguinte, foi escolhido como próximo presidente o conselheiro Mauri Torres.

José Alves Viana será o novo vice-presidente, e Gilberto Diniz, o corregedor. A reunião foi presidida pelo atual presidente, Cláudio Terrão, e os votos foram apurados pela procuradora-geral do Ministério Público de Contas (MPC-MG), Elke Andrade.

O colegiado ainda designou o conselheiro Durval Ângelo para assumir o cargo de ouvidor.
Em seguida, o Tribunal Pleno sorteou os nomes dos conselheiros e conselheiros-substitutos que vão compor as câmaras do TCEMG a partir de 2019.

A primeira Câmara será presidida pelo conselheiro José Alves Viana, e composta também pelos conselheiros Sebastião Helvécio e Durval Ângelo e pelos substitutos Hamilton Coelho e Adonias Monteiro. Na Segunda Câmara, presidida por Wanderley Ávila, atuarão os conselheiros Cláudio Terrão e Gilberto Diniz, além dos conselheiros-substitutos Licurgo Mourão e Victor Meyer.

Além disso, para o processo do Balanço Geral do Estado referente às contas do governador de 2019, foram definidos os nomes dos conselheiros Durval Ângelo, como relator; e Cláudio Terrão, como revisor. Eles acompanharão concomitantemente os atos do Executivo Estadual, durante o primeiro ano do mandato do governador eleito Romeu Zema.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui