Uma menina de 9 anos foi estuprada por pelo menos três jovens na cidade de Manhuaçu. O crime foi descoberto pela professora da criança, que notou comportamento diferente dela e chamou a polícia. O fato foi publicado pelo jornal O Tempo. A reportagem destaca que João Víctor Dias, 18, foi preso na manhã  do último sábado (1º) suspeito pelo crime. Outros dois adolescentes também teriam participado da barbárie contra a menina. Conforme investigações, os estupros seriam praticados desde que a garota tinha 7 anos.

A criança foi encaminhada a um hospital da cidade. Os exames constataram que ela tinha muitos machucados nos órgãos genitais e um corrimento característico de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Ela foi medicada como manda o protocolo.

O suspeito preso assumiu a autoria do crime e revelou detalhes. Além de entregar os outros dois adolescentes, o rapaz narrou em detalhes que o estupro se deu por diversas vezes nos últimos dois anos.

Segundo ele, a criança era levada, sempre contra a vontade dela, para um campinho no bairro São Jorge. Os jovens tampavam a boca da criança, pois ela gritaria durante o ato e introduziam objetos diversos, até mesmo um galho de árvore foi introduzido no ânus da menina. Aos policiais, o suspeito assumiu que fazia ameças à menina caso ela contasse a alguém sobre os estupros.

Os amigos do criminoso que teriam participação no estupro não foram encontrados.

Segundo a Polícia Civil, as investigações seguem a cargo da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher. A delegada da unidade terá 10 dias de prazo para concluir o inquérito e solicitar, caso avalie como necessária, a prisão preventiva do suspeito.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui