Dois menores foram aprendidos na operação

Uma denúncia anônima de tráfico de drogas levou a Polícia Militar de João Monlevade até uma casa que fica na Rua Caetés, no Bairro Cruzeiro Celeste e durante buscas pelo local, foram localizados 187 pinos de cocaína, prontos para a venda, uma espingarda calibre 28 e outra polveira, além de uma balança de precisão e 17 pinos vazios, utilizados para acondicionar cocaína para venda.

Segundo a PM dois menores de 14 e 15 anos de idade foram apreendidos, suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas.

Quando os militares chegaram ao local foram recebidos pela proprietária da casa, que autorizou a entrada e as buscas. Toda a droga estava escondida em uma sacola plástica dentro de um galinheiro. No quarto de um dos menores os militares encontraram uma balança de precisão. Já as armas estavam no porão do imóvel.

Enquanto os policiais realizavam as buscas os menores chegaram e, segundo a PM, assumiram a propriedade dos materiais aprendidos. Eles alegaram que adquiram o entorpecente no Bairro Sumaré, em Belo Horizonte. No entanto não informaram o nome do fornecedor da droga.

Ainda segundo a polícia o menor de 14 anos possui passagens por roubo, agressão e atrito verbal.

Um dos envolvidos possui passagem na polícia por roubo, ocorrido no início deste ano

De acordo com a polícia o sucesso da operação se deve à denúncia anônima via 190. “É bom lembrarmos que a participação da comunidade é sempre muito importante nesse tipo de ocorrência. Todas as denúncias que chegam ao nosso conhecimento são investigadas. Pedimos à população que continue colaborando com a polícia, denunciando crimes que por ventura ocorram próximos de suas residências. Lembramos que é garantido o sigilo total quanto ao nome de quem denuncia. Além do 190 da Polícia Militar, a cidadão pode fazer a denúncia pelo telefone 183 do Disque Denúncia Unificado (DDU)”, pontuou o tenente Geovani Melo.

Os dois receberam voz de apreensão em flagrante por tráfico de drogas e foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com os materiais apreendidos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui