Foram atendidas mais 1.490 pessaos. Foto: Arquivo/O Popular

Mesmo com as restrições causadas pela pandemia do novo coronavírus, o Serviço Voluntário de Resgate (Sevor), de João Monlevade registrou um alto número de acidentes na cidade e região, no ano passado.

Na manhã desta segunda-feira (11) a entidade divulgou um relatório com as informações, que apontaram 1.350 atendimentos com 1.494 vítimas.

Foi o maior número de ocorrências registradas nos últimos seis anos.

Em 2019 foram 1.240 chamados e 1.392 pessoas socorridas.

Para a entidade a situação é preocupante, pois era esperado que este número fosse menor, pois a expectativa era de que as pessoas circulassem menos devido a pandemia.

Confira abaixo os dados dos últimos seis anos:

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui