Michel Temer parabenizou Maia e disse ter ficado contente com o resultado da eleição
Dida Sampaio/Estadão Conteúdo – 14.7.16

Michel Temer parabenizou Maia e disse ter ficado contente com o resultado da eleição


O presidente interino Michel Temer disse nesta quinta-feira (14) que o Brasil está se ?distensionando? em resposta ao resultado da eleição para presidente da Câmara dos Deputados, vencida por Rodrigo Maia (DEM-RJ), na última quarta-feira (13). Temer afirmou que com a eventual distensão ?teremos uma harmonia muito maior [na política], que será útil para o Executivo?.

LEIA MAIS: Governo de Michel Temer “é a cara” de Eduardo Cunha, diz Dilma

Em pronunciamento após solenidade no Palácio do Planalto, Michel Temer parabenizou Maia pelo feito. ?Ontem, o que assistimos nos vários discursos, porque eram muitos candidatos, era a pregação de uma harmonia interna, de uma distensão. E até interessante, no último ato quando se deu o segundo turno, os dois candidatos [Maia e Rosso], antes mesmo da eleição, se abraçaram para revelar a distensão indispensável para os bons trabalhos legislativo […]?.

Maia disputou a presidência da câmara depois do afastamento de Eduardo Cunha. Seu mandato-tampão deve durar até fevereiro de 2017, quando terminaria o mandato de Cunha. O novo presidente da câmara, eleito na madrugada da quinta-feira (14), teve 285 votos e disputou a vaga contra Rogério Rosso (PSD-DF), obteve 170.

LEIA MAIS: Michel Temer libera R$ 2,7 bilhões para as administrações municipais

No primeiro dia como presidente da Câmara, Maia já participou de grandes compromissos oficiais. Durante a manhã, ele inaugurou sua agenda ao encontrar o deputado Aécio Neves e, às 12h, encontrou-se com o presidente interino Michel Temer no Palácio do Planalto.  

Rodrigo Maia (DEM) foi eleito presidente da Câmara com apoio político de Aécio Neves
André Dusek/Estadão Conteúdo – 14.7.16

Rodrigo Maia (DEM) foi eleito presidente da Câmara com apoio político de Aécio Neves


Ao saber do resultado das eleições, Temer afirmou ter ficado ?felicíssimo com a conduta cívica da Câmara dos Deputados? e afirmou ter acompanhado a votação ?com muito cuidado e com muito interesse?.

Rumo à Câmara

As eleições ocorreram depois que o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, que já havia sido afastado, renunciou na semana passada. Cunha é investigado na Lava Jato por corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Apesar de ter sido proibido de entrar na Câmara, Cunha havia articulado pela eleição do principal rival de Maia, Rogério Rosso.


*Com informações da Agência Brasil

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui