Militar de folga impede homicídio dentro de ônibus em Rio Piracicaba

O militar estava de folga dentro do ônibus e prendeu o autor em flagrante

Um policial militar de Timóteo, no Vale do Aço, impediu que um homem matasse uma mulher a facadas dentro de um ônibus da empresa Lopes, que fazia linha Alvinópolis/João Monlevade no inicio da tarde desta terça-feira (8). O crime ocorreu quando o veículo seguia pela MG-123, na altura do km 23.

A mulher, de 20 anos, chegou a ser golpeada pelo autor, de 38 anos, no braço esquerdo.

Segundo a Polícia Militar a vítima contou que estava no interior do ônibus e seguia para Padre Pinto, Distrito da cidade de Rio Piracicaba, onde mora, quando o autor levantou-se da poltrona, que fica nos fundos do ônibus e veio a sentar-se ao seu lado. Ela tentou levantar-se para distanciar-se do autor, porém foi impedida por ele e deu-se início a uma discussão.

Em seguida a mulher conseguiu se levantar momento em que percebeu que o homem estava com uma faca na cintura. Ele a empunhou dizendo que iria matar um e que ela seria a vítima e desferiu um que atingiu o antebraço esquerdo da mulher e com o mesmo golpe atingiu também a perna um homem, de 77 anos, que estava sentado em uma poltrona próxima.

Percebendo a confusão o policial militar, Hélio Gomes, que estava de folga e a paisana (em trajes civis) no interior do ônibus, identificou-se como militar, sacando sua arma de fogo e ordenou que o autor cessasse a ação. Ele foi contido pelo policial.

O veículo parou no distrito de Padre Pinto e as vítimas receberam os primeiros atendimentos no posto de saúde local.

Militares da cidade de Rio Piracicaba foram acionados e compareceram ao local onde realizaram a prisão em flagrante do autor e a apreensão da faca utilizada no crime.

Segundo a polícia o autor alegou que tinham um caso amoroso há algum tempo com a vítima, e que ela não queria continuar o relacionamento, vindo a ignorá-lo por várias vezes, dando a entender que a motivação do crime seria passional. A mulher negou a existência de um envolvimento com o autor.

O homem foi levado para a Delegacia da Polícia Civil, juntamente com a faca aprendida e apresentado ao delegado de plantão para as devidas providências. O caso foi registrado como feminicídio ( tentativa de homicídio contra mulher).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui