Militares resgatam mulher de casa em chamas em Bela Vista

A Polícia Militar de Bela Vista de Minas foi acionada por volta das 17h30 dessa quinta-feira (28) no Bairro bandeirantes, onde uma casa estava em chamas.

No local os militares depararam com a residência sendo consumida pelo fogo e muita fumaça, momento em que populares informaram aos policias que a dona da casa estava em seu interior.

De posse desta informação, os militares tentaram contato verbal com a mulher, porém ela não respondia. Para diminuir a quantidade de fumaça e assim melhorar a visibilidade dentro da residência, foi necessário quebrar parte do telhado e duas janelas. Neste momento a dona de casa começou a gritar, dizendo que queria morrer e ordenando que os policiais deixassem o local.

Diante da situação gravíssima os policiais pegaram latas com água e arriscaram a própria vida, invadindo a residência para resgatar a mulher. Ela foi encontrada por um dos militares caída em meio as chamas e da fumaça. O soldado Jancarlos se aproximou e começou a arrastar a mulher para fora da casa, momento que ela voltou a gritar para que o militar a deixasse morrer. Segundo a polícia ela empurrou o policial e se enrolou em algumas roupas de cama que estavam próximas a ela e não satisfeita, acendeu um isqueiro para atear fogo no próprio corpo. Neste momento Jancarlos, em ação rápida, impediu a mulher que começou a bater a cabeça contra a parede. Finalmente ela foi retirada do local e algemada.

Os policias controlaram o incêndio e encaminharam a mulher até o Hospital Margarida, onde foi medicada.

A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada e ficou de comparecer ao local no dia seguinte.

Pelo fato do incêndio ter sido provocado pela mulher e colocado outras casas em perigo, ela foi levada para a Delegacia de Polícia Civil e apresentada ao delegado de plantão.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui