Militares da cidade de Sem-Peixe trocaram tiros com bandidos que planejavam assaltar a agência dos Correios da cidade. A ocorrência foi registrada por volta das 11h de ontem (28).

Segundo a Polícia Militar, populares informaram que havia uma movimentação estranha de dois indivíduos dentro da agência. Os homens estavam na fila de atendimento e, a todo o momento, davam lugar para que outra pessoa passasse na frente e fosse atendida. Eles estavam bastante agitados e levantou suspeita dos clientes.

Quando uma equipe da Polícia Militar chegou para averiguar a situação, deparou com um dos suspeitos na porta da agência. Ele recebeu ordens dos militares para que colocasse as mãos sobre a cabeça para que fosse realizada busca pessoal, mas ele se negou.

Um dos policias tentou imobilizar o suspeito que resistiu e investiu contra o militar, momento que o rapaz chamou pelo comparsa que estava no interior da agência. Quando saiu, também recebeu ordens para que colocasse as mãos e foi prontamente atendido pela equipe policial.

O suspeito, que resistia à prisão, conseguiu se soltar e correu por cerca de oito metros e sacou um revólver calibre 32, e efetuou um disparo contra os policiais.

Um dos militares também efetuou um disparo de arma de fogo em direção ao autor, que foi atingido de raspão, pouco acima do tornozelo da perna direita.

Ao ser procedido busca pessoal foram encontradas com ele, além do revólver, três munições do mesmo calibre, sendo uma deflagrada. Também foram localizados no bolso da calça dele, um par de luvas cirúrgica, duas braçadeiras de nylon e um canivete.

Militares de Alvinópolis e Dom Silvério foram ao local para dar apoio os militares.

Durante a ação, o ladrão que estava no interior da agência, dispensou uma garrucha calibre 38 dentro de uma lixeira.

A polícia constatou que os autores chegaram até a cidade em uma moto Honda/XRE300, roubada na cidade de Teixeira/MG, que estava parada em frente ao estabelecimento.

Os homens são suspeitos de terem cometido um roubo, recentemente, a um posto de combustível na cidade de Viçosa.

Os autores foram levados ao hospital Nossa Senhora de Lourdes e após serem medicados, receberam voz de prisão em flagrante e foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade. A moto usada pelos marginais foi rebocada ao pátio da cidade de Alvinópolis.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui