Ministério da Educação acaba com cotas para negros e índios na pós-graduação

O Ministério da Educação, por meio da Portaria 545 de 16 de junho, revogou nesta quinta-feira (18) outra portaria, que garantia política de cotas em programas de pós-graduação.

A portaria número 13, de maio de 2016, revogada hoje garantia às instituições de ensino superior, o estabelecimento de programas para a inclusão de negros, indígenas e pessoas com deficiência nos programas de mestrado, mestrado profissional e doutorado.

A medida pegou entidades de surpresa. A Associação Nacional dos Pós-Graduandos, informou que, através das instituições democráticas, tentará reverter a medida e que a comunidade acadêmica está coesa na defesa da democratização do acesso à universidade, à pesquisa e ao conhecimento.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui