Monlevade teve, em média, 11 casos prováveis de dengue por dia em 2019

A epidemia de dengue que atinge Minas Gerais alcança números cada vez mais expressivos e João Monlevade segue o cenário estadual. Em boletim divulgado nesta segunda-feira (22), a Secretaria de Estado de Saúde informou que 2.374 casos prováveis foram registrados neste ano na cidade.

Com isso, João Monlevade teve, em média, 11,6 diagnósticos prováveis a cada dia em 2019. As mortes por conta da doença somam duas.

O boletim da SES/MG também traz dados da ocorrência de outras enfermidades. Quanto à febre chikungunya, a Saúde registrou oito casos prováveis em João Monlevade e quatro casos de zika.

Mesmo a dengue apresentando desaceleração nos últimos meses, os números colocam 2019 como um dos piores anos da enfermidade em Minas Gerais. Já são 453.750 casos prováveis registrados.  Quanto à febre chikungunya, a Saúde registrou 2.686 casos prováveis e uma morte – um paciente de Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Minas também registrou 1.017 casos de zika, dos quais 345 em gestantes.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui