Os moradores do bairro Serra do Egito continuam sem água até mesmo para as necessidades mais básicas, como cozinhar ou fazer higiene pessoal. A situação da comunidade local é lastimável e persiste há mais de nove meses. Além disso, a qualidade da água que tem abastecido o bairro não gera confiança para o consumo.

A situação foi exposta pelo vereador Belmar Diniz (PT) durante a reunião da Câmara desta quarta-feira (3). O parlamentar esteve no bairro e classificou a falta de água como “covardia com a comunidade”. Ele também usou a palavra “pachorra” – que significa calma excessiva – para explicar a demora da administração municipal em resolver o problema da localidade.

Belmar também lembrou que no mês de janeiro deste ano, a prefeita Simone Moreira (PSDB) anunciou a construção de dois poços artesianos e de um reservatório de água para atender toda a população do Serra do Egito. Na época a obra foi anunciada como prioritária. No entanto, não saiu do papel. A Prefeitura não se manifestou sobre o assunto.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui