Mortes por febre amarela na região chegam a 20

As mortes em decorrência da febre amarela nas cidades vizinhas a João Monlevade chegam a 20. A informação consta no boletim semanal da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e foi divulgada na tarde desta terça-feira (27). Os óbitos foram registrados nas cidades de Barão de Cocais (9), Ferros (1), Itabira (5), Santa Bárbara (4) e São Domingos do Prata (1). Os números de infectados chegam a 48 (incluindo os óbitos), sendo dois casos registrados em João Monlevade.

Desde o início do 2º período de monitoramento da Febre Amarela (julho/2017 a junho/2018), foram confirmados 413 casos da doença em Minas Gerais, destes casos, 145 evoluíram para óbito e outros 607 casos continuam em investigação.
Dentre os casos em investigação, há registro de 11 pacientes com histórico de vacinação prévia e exame positivo para febre amarela. Esses pacientes permanecem em investigação para levantamento de informações clínicas e epidemiológicas fundamentais para conclusão dos casos.

Atualmente há uma comissão investigando os casos suspeitos de Febre Amarela com histórico de vacinação prévia, com a participação do Ministério da Saúde. Cabe ressaltar que a eficácia da vacina contra febre amarela é de 95% a 98%, sendo considerada altamente eficaz e segura na prevenção da transmissão do vírus. Como medida adicional, para a população mais exposta à circulação do vírus, recomenda-se também a utilização de repelente como medida de proteção individual.

Atualmente, a cobertura vacinal acumulada de febre amarela em Minas Gerais está em torno de 91,53%. Ainda há uma estimativa de 1.682.473 pessoas não vacinadas contra a febre amarela. Em João Monlevade, a cobertura vacinal chega a 98,2% e pouco mais de 1.300 pessoas ainda não se vacinaram.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui