Motataxista é vítima de assalto durante corrida em João Monlevade

Uma mulher 45 anos, mototaxista, que trabalhava no ponto da Rodoviária de João Monlevade foi assaltada e teve sua moto roubada durante uma corrida por volta das 23h20 desse domingo (20) no bairro Sion.

Segundo relatos da vítima para a polícia, pegou um cliente para uma corrida até o bairro Carnerinhos. Chegando na rua Luis Prandini, perto do escadão, o indivíduo desceu e realizou o pagamento de R$10,00, porém lhe avisou que iria voltar sentido Bairro Sion.

Após uns minutos o autor retornou e ambos seguiram sentido Bairro Sion, quando no final da Avenida Cabo Frio a vítima avisou ao cliente que não entraria na estrada sentido à propriedade do ex-deputado Mauri Torres, dizendo que não andaria em estrada de terra. Ela desligou a motocicleta, momento que o autor desceu do veículo e retirou da cintura uma arma de fogo, aparentemente uma pistola e apontou em direção a sua cabeça, ordenando que entregasse a carteira contendo cartões de banco e documentos pessoais, a chave e o documento da moto. Em seguida mandou que andasse na direção oposta a dele e evadiu tomando rumo ignorado.

O autor era de cor clara e usava chinelo e calça Jeans.

Foi realizado intenso rastreamento na região e acionado o plano de cerco e bloqueio mas, segundo a polícia, até o momento o autor e nem o veículo da vítima foram encontrados.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui