Um motorista de aplicativo, de 55 anos, foi assaltado durante uma corrida de João Monlevade até Itabira, por volta das 21h50 dessa terça-feira (13). Foi roubada dele uma quantia de R$300,00, dois celulares e o carro modelo Fiat/Argo de cor cinza, que pertence a uma locadora de veículos.

Segundo relatos da vítima para a polícia, ele recebeu uma chamada pelo aplicativo para buscar um passageiro na Rua Caetés, que fica no Bairro Cruzeiro Celeste, em João Monlevade. Chegando lá o passageiro solicitou uma corrida até a cidade de Itabira, porém, não informou o endereço de destino, contudo, a vítima explicou que somente faria a corrida até a cidade na condição dele informar o nome da rua. Foi ai então que o homem disse que iria até a casa do tio dele na Rua Treze, no Bairro Santa Ruth.

Foi realizado o deslocamento até o endereço e chegando l[a o passageiro, antes de desembarcar, disse à vítima para esperá-lo, pois ele não iria ficar ali, e que retornaria para João Monlevade.

Passado alguns instantes, o passageiro retornou e entrou no veículo e durante a viagem, já na LMG 779, próximo do trevo que vai para a localidade de Taquaril, o assaltante sacou uma arma da cintura, provavelmente um revolver, e anunciou o assalto, determinou que a vítima parasse o veiculo.

Após a ação o autor tomou a direção do veículo e retornado sentido à cidade de Itabira.

A vítima disse que caminhou a pé do local de onde foi deixado até a sede do quartel. Segundo a Polícia Militar, as informações foram repassadas ao COPOM do 26º BPM e frações vizinhas. O autor foi identificado como sendo um homem, de 28 anos, já conhecido no meio policial nessa prática criminosa.

Foi realizado rastreamento, mas até o momento o veículo não foi localizado.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui