Mototaxista tem moto roubada e é obrigado a amarrar as próprias mãos

Na noite desse domingo (11), um mototaxista teve a sua moto de placa HBT-4595, roubada por um passageiro. Ele fazia uma corrida de Rio Piracicaba para João Monlevade quando ao deixar o homem perto de um sítio, no bairro Loanda, foi surpreendido e assaltado pelo garupa.

Além da moto, a vítima teve cerca de R$90,00, um celular e a carteira com cartões de banco e documentos levados pelo passageiro. Antes de fugir, o homem ordenou que o mototaxista amarrasse as próprias mãos com um arame numa porteira.  Para a polícia, a vítima disse que o assaltante estava armado e, como empunhava o revólver, não conseguiu prendê-lo na cerca.

O mototaxista falou ainda que fingiu ter amarrado as mãos e tão logo o suspeito fugiu, ele se escondeu num mato e pouco depois pediu ajuda a uma testemunha para chamar a polícia.

De imediato, uma equipe chegou ao local em socorro ao mototaxista. Os militares também foram no lugar onde o passageiro requisitou a corrida. Testemunhas descreveram o suspeito e a vítima o reconheceu numa foto.

Apesar de identificado, o homem ainda não foi preso e nem a moto encontrada.

 

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui